segunda-feira, 25 de junho de 2018

Campanha curta ajuda a 'reeleger, não eleger'


O procurador regional eleitoral de São Paulo, Luiz Carlos dos Santos Gonçalves, expressou preocupação com exageros da legislação eleitoral, como "definir o tamanho do cartaz que o cidadão pode botar na janela", em entrevista ao Estadão.

"Não sou favorável a este movimento, a essa redução no tempo de campanha. Isso é uma coisa que ajuda só quem é conhecido. Parece são regras só para reeleger as pessoas, não para eleger", afima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário