sábado, 3 de junho de 2017

TSE vai reforçar segurança no julgamento da ação que pode cassar Temer


Resultado de imagem para TSE



Entre terça e quinta-feira da próxima semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai reforçar a segurança e limitar o acesso a algumas vias e estacionamentos públicos próximos ao prédio. Nesses dias, está programado o julgamento da ação que poderá levar à cassação do presidente Michel Temer.

O TSE fica no Setor de Administração Federal Sul, em Brasília. Três vias e dois estacionamentos vão ter restrições de acesso. Além disso, a inspeção na entrada do prédio será reforçada com equipamentos de raio X e detectores de metais, segundo informações de O Globo.

Em frente ao prédio, há um estacionamento público e, atravessando a rua, fica a sede do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Do outro lado da rua que passa pelo fundos do TSE, há outro estacionamento público e a parte de trás das embaixadas do Reino Unido e da Austrália. Por fim, há ainda uma lateral que separa o TSE do prédio em construção do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Na outra lateral, há apenas um grande terreno vazio que se estende até uma movimentada avenida.

A ação a ser julgada na próxima semana é contra a chapa vencedora da eleição presidencial de 2014. A ex-presidente Dilma Rousseff foi reeleita na ocasião, mas, como ela foi afastada do cargo em 2016, após sofrer um processo de impeachment, Temer herdou o cargo. Assim, ele poderá ser o principal afetado pela decisão do TSE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário