segunda-feira, 19 de junho de 2017

Semana será tensa para Lula, Aécio e Temer


Resultado de imagem para lula aecioe temer


A semana promete ser tensa – de Brasília à “República de Curitiba”, para o ex-presidente Lula, o senador afastado Aécio Neves e o presidente Michel Temer.

Em Brasília, os cinco ministros da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidirão nesta terça-feira (20) o pedido de prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB).

O tucano foi flagrado recebendo propina dos donos da JBS e delatado pelo nocivo Joesley Batista. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão de Aécio.

Em Curitiba, o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, poderá proferir sua sentença no processo em que o ex-presidente Lula (PT) é réu, a partir de quarta-feira (21).

Nesse processo Lula é acusado de ter recebido propina por conta de três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras. Entre os favores recebido está um famoso tríplex no Guarujá-SP. 

A semana também será difícil para o presidente Michel Temer (PMDB), enrolado na delação de Joesley Batista. O PGR poderá apresentar denúncia contra Temer até quinta-feira (22), com base na delação e nas novas declarações feitas pelo dono da Friboi, em que aponta Temer como “o chefe da quadrilha”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário