sábado, 3 de junho de 2017

Orçamento Participativo de Natal atrai delegação russa


A experiência exitosa do Orçamento Participativo implementado pela prefeitura de Natal chamou a atenção do Banco Mundial e da Prática Global em Proteção Social, em Washington (EUA), como também do Local Initiatives Support Program (LISP), do Banco Mundial, que instituíram uma delegação para vir conhecer in loco o trabalho desenvolvido pela Prefeitura do Natal, coordenado Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), em parceria com a população de Natal.

Na manhã desta sexta-feira (2), o prefeito Carlos Eduardo recebeu no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão, a delegação russa que veio conhecer novas experiências de participação popular na gestão municipal. Na oportunidade, o prefeito e sua equipe gestora apresentaram experiências de participação popular, como o Plano Plurianual Participativo e o Projeto Cidades Inteligentes e Humanas.

O grupo formado por integrantes do Banco Mundial e da Prática Global em Proteção Social, em Washington, tendo à frente o coordenador do Local Initiatives Support Program (LISP), do Banco Mundial, na Rússia, Ivan Evgenevich, visitou na quinta-feira (1°) comunidades que tiveram projetos viabilizados por meio da participação da população no Orçamento Participativo de Natal, objetivando buscar experiências de participação popular que deram certo.

“Esse encontro é extremamente promissor. A troca de experiências é bastante exitosa para a cidade de Natal”, disse o prefeito Carlos Eduardo. Na reunião, ele assinalou que o Brasil é, ainda, um país sem tradição democrática, e o principal problema gerado pela ditadura foi o desmantelamento da sociedade civil organizada. “Nós estamos enfrentando várias crises, e a democracia é o caminho para continuarmos construindo um país melhor. Em Natal, o desafio é trazer o cidadão para discutir a cidade e escolher as suas prioridades”, observou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário