quarta-feira, 31 de maio de 2017

Especialistas avaliam que aumentam as chances de Temer continuar no Governo

Resultado de imagem para temer na cadeira presidencial

Deu no Correio Braziliense

A escalação do ministro da Justiça Torquato Jardim, para reverter um resultado desfavorável no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), uma conversa estratégica com Fernando Henrique Cardoso na segunda-feira, em São Paulo, a falta de um nome natural de consenso em uma eventual eleição indireta e os sinais de espera emitidos pelo mercado financeiro colocaram a crise política no modo de espera.

O presidente Michel Temer ainda corre riscos de ter a chapa cassada pelo TSE, ou de se ver mergulhado em um vendaval caso o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) resolva fazer delação premiada.
Mas, na avaliação de analistas políticos e econômicos, as chances de sobrevivência do governo aumentaram.

O bombeiro Temer vai ganhando tempo na tentativa de escapar da queda.

“Ele agora pelo menos tem um paraquedas”, resumiu um tucano. Para tentar conter a rebeldia de seu aliado preferencial na coalização governista, o presidente encontrou-se na segunda-feira, em São Paulo, com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o presidente nacional da legenda, senador Tasso Jereissati (CE), em busca de caminhos para a crise atual. Tasso, inclusive, é o nome preferencial do PSDB em caso de eleição indireta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário