quarta-feira, 10 de maio de 2017

#DENÚNCIA; Irrigação às margens do Rio Sabugi preocupa população que depende do abastecimento


Apesar de resolução da ANA (Agência Nacional das Águas) que proíbe a irrigação  às margens do Rio Piranhas onde de acordo com a resolução só é permitido apenas a captação de água para o consumo humano e para matar a sede dos animais, nas margens de todo o Rio Sabugi, apartir do limite entre os munícipios de São João do Sabugi e Caicó a irrigação por parte de fazendeitos corre solta.

A população que depende da água do Rio está preocupada com a possibilidade de falta d'agua que pode culminar com o colapso em comunidades rurais que dependem do abastecimento.

"Se não chover e caso nada seja feito até o mês de Setembro não terá água para matar a sede da população e do rebanho", afirmou um agricultor ao blogue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário