quarta-feira, 31 de maio de 2017

Brasil tem 14 milhões de desempregados, aponta IBGE

Resultado de imagem para DESEMPREGO

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,6% no trimestre de fevereiro a abril de 2017, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta quarta-feira (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em igual período de 2016, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 11,2%. No primeiro trimestre de 2017, o resultado ficou em 13,7%. Mas, segundo o IBGE, o resultado é a maior taxa do mesmo trimestre desde 2012, quando foi de 7,8%.

População desempregada

O levantamento também revelou o aumento da população desocupada, que ficou em 14 milhões. Contingente que, no trimestre anterior, de novembro a janeiro, era de aproximadamente 12,9 milhões de desempregados. São 1,1 milhões de pessoas a mais sem emprego.

Assim, foi notado o crescimento de 8,7% de desocupados, em comparação ao trimestre anterior, e de 23,1% de aumento em relação ao mesmo trimestre do ano anterior – fevereiro a abril de 2016.

Renda média

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.107 no trimestre até abril. O resultado representa alta de 2,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário