sábado, 23 de setembro de 2017

Defesa Civil identifica 280 bombas clandestinas no Rio Assú


A paralisação da captação de água do Rio Piranhas-Açu, desde o ultimo dia 14, para o setor produtivo por causa do baixo volume dessa bacia permitiu a localização por parte da Defesa Civil para identificar desvios irregulares por parte de agricultores, que prejudicam a situação hídrica de municípios abastecidos pelo rio.

Segundo informações obtidas pela Defesa Civil, 70 bombas são autorizadas a fazer o desvio de água, mas foram identificadas 350. Ou seja: pelo menos 280 seriam clandestinas. Também foram encontradas áreas de cultivos alagadas, o que propicia a evaporação e desperdício de água e baixa o volume do manancial na área da captação da CAERN. TN

Vereador do interior do RN é investigado por emitir cheques sem fundos


Resultado de imagem para cheque sem fundos

O Ministério Público Estadual da Comarca de Pau dos Ferros/RN, após receber denúncia, instaurou procedimento para apurar possível emissão de cheques sem previsão de fundos pelo então Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Água Nova/RN.

De acordo com a denúncia, o Vereador Antônio Kadson, quando presidente da casa legislativa de Água Nova/RN, teria emitido três cheques nos valores de R$ 3.000,00 (três mil reais), R$ 2.100,00 (dois mil e cem reais) e R$ 3.115,00 (três mil cento e quinze reais), cada um, porém todos sem previsão de fundos.

(Inquérito Civil Nº 06.2017.00002776-6).

Flávio Rocha é denunciado por incitação a violência

No Twitter, Flávio classificou o MPT de parasitas

A procuradoria geral do Trabalho denunciou o empresário Flávio Rocha ao Ministério Público Federal por crime de incitação à violência, coação no curso do processo, difamação e injúria. A denúncia é uma reação às declarações ofensivas do proprietário do grupo Guararapes Confecções SA e das lojas Riachuelo, divulgadas em redes sociais e pela imprensa tradicional, contra a procuradora do Trabalho Ileana Neiva. 

O empresário chegou a apagar de suas redes sociais algumas das mensagens direcionadas à procuradora e publicou um pedido de desculpas após a repercussão negativa das declarações.

Ileana Neiva integra o grupo de oito procuradores responsável pela ação civil pública que cobra na Justiça R$ 37,1 milhões em indenização à Guararapes pelo descumprimento de leis trabalhistas na contratação de costureiras para trabalhar em facções no interior do Rio Grande do Norte.

A ação civil pública contra a Guararapes foi ajuizada pelo MPT em maio deste ano, mas desde a semana passada o empresário Flávio Rocha passou a atacar pessoalmente a procuradora Ileana Neiva, acusando-a, juntamente com o Ministério Público, de perseguição. O procurador geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, classificou a atitude do proprietário do grupo Guararapes de “absolutamente desproporcionada e criminosa” e confirmou que a PGT levará o caso adiante.

– Entramos com uma notícia-crime contra o empresário Flávio Rocha junto ao Ministério Público Federal, que agora vai analisar se há indícios de crime para abrir ou não uma ação penal contra ele. As ofensas pessoais e a incitação à violência foram atitudes absolutamente desproporcionadas e, sob o nosso ponto de vista, criminosas com relação à procuradora Ileana Neiva e ao MPT como um todo. Tenho 23 anos no Ministério Público e nunca vi uma reação como essa. Não sei se estão fazendo uso político dessa situação ou se é uma tentativa de intimidação do Judiciário. Mas se acham que vamos desistir, é uma loucura. Bastava ter um mínimo de bom senso para saber que isso não iria acontecer. Já deixei claro que não vamos desistir.

A denúncia apresentada pela procuradoria geral do Trabalho é uma notícia-crime. A partir de agora, o Ministério Público Federal vai analisar o processo para saber se dá prosseguimento e transforma a denúncia numa ação penal contra o empresário Flávio Rocha.

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho Angelo da Costa afirmou que a entidade dará toda a assistência à procuradora Ileana Neiva, que também deve entrar pessoalmente com uma ação por dados morais em razão dos crimes de calúnia e injúria.

– A ofendida (procuradora Ileana Neiva) fará uma representação que ainda tem um agravante porque, no curso do processo institucional, quando a injúria e a difamação é contra um servidor público, passa a ser uma ação pública também. A ANPT reforçará, inclusive estamos estudando a possibilidade de ingressar com uma ação de indenização por danos morais, a partir do desenrolar dessas ações.

Em Natal, pré-candidata ao governo visita Associação de Delegados e reforça apoio à segurança pública


A vereadora Clorisa Linhares (PSDC), que tem seu nome como pré-candidata ao Governo nas eleições do próximo ano, visitou na tarde desta sexta-feira, 22, em Natal, a sede da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Adepol-RN), onde foi recebida pela presidente da entidade, delegada Paoulla Benevides Maués.

Durante a conversa, Clorisa relembrou que a primeira audiência pública promovida pelo seu mandato em Grossos discutiu justamente as precárias condições de trabalho da Polícia Civil e a ausência de agentes de segurança no município. A parlamentar ainda se colocou à disposição da Associação para reforçar a luta em defesa da segurança no Estado.

“A Adepol/RN tem realizado uma importante campanha em todo o estado, conscientizando a população sobre o papel da Polícia Civil e as dificuldades que a categoria tem enfrentado diante da falta de investimento do Governo. Viemos pessoalmente parabenizar a Associação pelo trabalho que já começa a apresentar resultados positivos”, destacou Clorisa.

A delegada Paoulla Benevides Maués agradeceu o apoio da vereadora e adiantou que a campanha “A Justiça Começa na Delegacia” entra agora em uma nova fase, buscando, principalmente, mobilizar a classe universitária. Ações específicas nos municípios potiguares também estão sendo agendadas.

Agenda

Ainda em Natal, a vereadora Clorisa participou, nesta sexta, de entrevistas na Rádio Fé e Rádio Cidade, oportunidade em que destacou sua atuação parlamentar em Grossos e a sua pré-candidatura ao Governo do RN.

Neste sábado, 23, Clorisa acompanha, a partir das 9h, a inauguração da nova sede do Diretório Estadual do PSDC-RN, que está instalado na Rua Dr. Horácio, 650, Lagoa Nova, em Natal.

Ministério da Saúde libera R$ 2,7 milhões para Mossoró

A Prefeitura de Mossoró vai abrir, nos próximos dias, o processo licitatório para a recuperação de 14 Unidades Básicas de Saúde e construção de outras 5, em diversas áreas da cidade. A confirmação foi dada na tarde desta quarta-feira, 20, em Brasília, pela prefeita Rosalba Ciarlini, depois de ser recebida em audiência pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Os recursos da ordem de R$ 2,7 milhões são de emenda parlamentar de autoria do deputado Beto Rosado, que também participou da audiência com o Ministro. "Temos outras duas UBS no nosso plano de recuperação que estão aguardando apenas a autorização do Ministério da Saúde por causa de ajustes técnicos no sistema", explicou a secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto.

Os investimentos na infraestrutura de Saúde somam cerca de R$ 7 milhões. Além de melhorar a qualidade do atendimento de Saúde, esses recursos aquecerão a economia e o setor da construção civil.


Justiça afasta Luiz Almir da Câmara Municipal

Resultado de imagem para luiz almir saindo da câmara de vereadores

A Justiça determinou que o vereador Luiz Almir, do PR, seja afastado da Câmara Municipal em até 15 dias. O ofício com a determinação data do último dia 20. Luiz Almir é réu em processo que apura improbidade administrativa. A decisão de destituí-lo da função de vereador foi tomada pelo juiz Bruno Lacerda, da 5a. Vara da Fazenda Pública de Natal.

O processo apura irregularidades na nomeação de cargos comissionados no gabinete do então vice-governador Fernando Freire. O episódio ficou conhecido como ‘Escândalo dos Gafanhotos’ e ocorreu, de acordo com a Justiça, entre 1995 e 2002.

MP investiga existência de servidores fantasmas no Município de Riacho de Santana/RN


Resultado de imagem para servidores fantasmas


O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros, lavrou a Portaria n° 0042/2017, datada de 19 de setembro de 2019 e deflagrou o Inquérito Civil Nº 06.2017.00002773-3, com o objetivo de investigar a Prefeitura Municipal de Riacho de Santana/RN e o Prefeito Jessénildo Dantas de Freitas, em virtude de reclamações por parte de moradores dando conta da existência de servidores que estariam recebendo dinheiro público sem trabalhar.

O Promotor de Justiça, responsável pela investigação, determinou a notificação ao Prefeito Jessénildo, solicitando o controle de ponto dos supostos funcionários fantasmas, com suas respectivas cargas horárias, devendo ser informado ainda o local em que os mesmos prestam serviço e suas remunerações. O Representante do Ministério Público, também mandou expedir notificação supostos servidores fantasmas, para que esclareçam, se já prestaram ou ainda prestam serviço à Prefeitura Municipal de Riacho de Santana, devendo indicar o local, carga horária e remuneração.

Câmara adia leitura da segunda denúncia contra Temer por falta de quórum


A Câmara dos Deputados adiou a leitura da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer na manhã desta sexta-feira, 22. Não houve presença suficiente de parlamentares para a abertura da sessão de plenário.

A sessão havia sido agendada para iniciar às 9h, mas não foi realizada por causa da baixa presença de deputados. Supremo só poderá analisar denúncia contra o presidente se a Câmara autorizar.

Trinta minutos depois, com apenas dois parlamentares na Casa, a reunião foi cancelada. Para a abertura, era necessária a presença de, ao menos, 51 dos 513 deputados. Uma nova sessão foi marcada para a tarde de segunda-feira (25).

São necessários 342 votos favoráveis na Câmara para o andamento do processo. Caso o número não seja atingido, como aconteceu com a 1ª denúncia, o caso fica suspenso. Volta a correr após Temer sair do Planalto e perder o foro privilegiado.

Apenas com o aval da Câmara o Supremo Tribunal Federal (STF) pode julgar o presidente da República. Caso haja a autorização, o STF decide se aceita a denúncia e a analisa. Em caso de condenação, Michel Temer perde o mandato.

A denúncia contra Temer foi entregue pelo Supremo à Câmara na noite desta quinta (9).Temer foi denunciado ao STF pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça.

A votação pode acontecer em outubro, segundo estimou o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Há menos de um ano nos cargos, prefeitos enfrentam rejeição em seus municípios

Resultado de imagem para sobra de político discursando

Há menos de um ano em seus respectivos cargos, prefeitos de diferentes regiões do RN, enfrentam desgaste e rejeição em seus  municípios. Embora seja muito cedo para mudar o atual cenário, gestores andam encrencados com a população.

Discursos, compromissos e promessas não cumpridas são os maiores problemas dos recém-eleitos prefeitos que já sofrem ações na justiça, além de  investigações através de comissões especiais  no legislativo.

Em pelo menos seis cidades do Estado, prefeitos declinaram de popularidade em apenas oito meses. Em Natal, o prefeito Carlos Eduardo Alves(PDT), eleito no primeiro turno, sua principal oposição é as ruas, onde a população a cada dia que passa se assusta com uma cidade tomada pelo lixo e repleta de buracos, o que faz lembrar os tempos da ex-prefeita, Micarla de Sousa, tão criticada pelo atual gestor. O escândalo da Sensur, que afastou o vereador Raniere Barboza(PDT), seu ex-auxiliar, também desgastou a gestão do pedetista.

Em Mossoró, e no seu quarto mandato à frente do execultivo, a ex-governadora Rosalba Ciarline(PP), que também é médica, é bastante criticada na área de saúde. A gestora começa a dá sinais de fragilidade comparando ao utras  administrações.

Em Caicó, o prefeito Robson Araújo Batata(PSDB), sem apoio de grupos tradicionais da política local, foi eleito prometendo ética, moralizar a política, 'choque de gestão' com desenvolvimento e "cortar na carne"  gastos  da prefeitura, é um caso emblemático onde a população agora é sua maior oposição. Devido a mudanças repentinas em seus discursos, Batata é  bastante criticado nas redes sociais, e nas ruas recentemente enfrentou uma série de  protestos por atraso de salários de servidores. além de corte de luz em prédios públicos e 'operação Blakout' que culminou com a prisão de  auxiliares de confiança e da abertura de uma comissão para investigar desvios na Cosip no legislativo. Sem falar do rompimento com o vice-prefeito, Marcos do Manhoso(PP).

Também da Região do Seridó, o prefeito de Serra Negra do Norte, Sergio Fernandes(PSDB), é mais um caso emblemático. Pela primeira vez à frente do execultivo, Serginho é alvo constante de ações do Ministério Público. Uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) resultou no bloqueio de bens do prefeito de Serra Negra do Norte, que em sua decisão por parte  da Justiça  acatou o pedido de liminar pela prática de atos de improbidade administrativa, o que vem causando desgaste na gestão do tucano. 

Do mesmo partido, o  prefeito de Ceará-Mirim -  Marcone Barreto(PSDB) - que contou com apoio do seu antecessor, colhe frutos da rejeição do ex-prefeito Peixoto(PR) e agora tem que conviver com uma oposição ferrenha na Câmara Municipal onde foi instalada uma Comissão Especial de Inquérito- CEI, que visa apurar suspeitas de irregularidades em licitações. Outro ponto que trouxe desgaste ao prefeito foi a construção de um presídio no município, defendido por Marcone, que não agradou a população. 

Apesar de ter sido eleito com 83% dos votos, o prefeito de Touros, Assís do Hospital(PP), antes da posse rompeu politicamente com o seu vice-prefeito, Flávio de Tetê(PSDB), agora enfrenta pela primeira vez na história uma Comissão Especial de Inquérito, instalado pela Câmara que investiga irregularidades em licitações e na contratação de pessoal, além de críticas nas redes sociais por prática de nepotismo, quando mantinha a esposa e seu filho, respectivamente secretários municipais de Assistência Social e de Saúde, exonerados após ação movida pelo Ministério Público.


Apesar do desgaste e a rejeição, uma coisa todos os prefeitos tem em comum; culpam o atual momento que enfrenta os municíos com a crise, queda no FPM, além claro - seus antecessores.


Antônio Jácome antecipa voto favorável à investigação contra Temer


Imagem relacionada


O deputado federal Antônio Jácome saiu na frente e já adiantou seu posicionamento em relação à denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB).

“O Brasil inteiro tem acompanhado mais uma denúncia contra o presidente Temer, desta vez por organização criminosa e obstrução de justiça. Reafirmo minha posição contra a corrupção e serei favorável à investigação”.

Na primeira denúncia contra Temer, Jácome também votou pela investigação.

Capitão Styvenson admite que pode ser candidato ao senado em 2018

Resultado de imagem para Capitão Styvenson Valentim

O Capitão Styvenson Valentin, admitiu em entrevista ao Jornal da Noite da 95Fm que há possibilidade de disputar o pleito do próximo ano.

Presidente do Solidariedade, o deputado Kelps Lima convidou Styvenson para integrar a chapa majoritária do partido nas eleições do próximo ano como candidato a Senador.

Deputados aprovam à unanimidade pedido de empréstimo de R$ 698 milhões


O pedido de empréstimo de R$ 698 milhões do Governo do Estado à Caixa Econômica Federal foi autorizado pela Assembleia Legislativa. A votação aconteceu durante a sessão plenária desta quinta-feira (21). Os deputados aprovaram à unanimidade a mensagem 140/2017. Outra matéria também aprovada por todos os deputados foi a mensagem 137/2017, alterando a lei 9.626 de 2012, que previa obras exclusivamente para a Avenida Engenheiro Roberto Freire.

A alteração na lei irá permitir que os recursos da ordem de R$ 234,8 milhões possam ser aplicados em mobilidade urbana, saneamento básico e projetos de infraestrutura turística para os municípios de Natal, Macaíba, Parnamirim, Extremoz e São Gonçalo do Amarante. Uma dessas obras é a reforma e ampliação do Centro de Convenções de Natal.

“A Assembleia deu uma lição de amadurecimento, com deputados de situação e oposição ao Governo votando favoráveis a esse empréstimo e diante de um pleito de todos nós, serão destinados cerca de R$ 50 milhões para a área de segurança. Acreditamos que com isso iremos amenizar o sofrimento do cidadão, que está aflito no seu direito de ir e vir. A Assembleia sai maior num debate como esse, principalmente porque os recursos irão amenizar os problemas mais graves do Estado”, afirmou o presidente do Legislativo, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

Originalmente, estavam previstos cerca de R$ 11,5 milhões para a área de Segurança e foi ampliado para R$ 50 milhões. Desse valor, R$10 milhões serão destinados à Polícia Civil, garantidos por emenda parlamentar. Na discussão das matérias, o líder governista, deputado Dison Lisboa (PSD) defendeu a necessidade dos recursos para ampliar a capacidade de investimento do Governo. “Os recursos serão usados na saúde, rodovias, amortização da dívida, saneamento básico e segurança. Foi uma atitude extremamente louvável ampliar os recursos para a Segurança. E o mais importante aqui é o objetivo do governo em pagar uma folha de pagamento, desafogando a fonte 100, responsável pelo custeio da máquina administrativa”, afirmou.

No debate que antecedeu a votação, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) afirmou que o momento era uma boa oportunidade para que sejam esclarecidos os motivos pelos quais os deputados iriam votar favorável à matéria: “É inegável as dificuldades que o Governo enfrenta. Mas faltou o cuidado de estabelecer um planejamento estratégico para compatibilizar a receita com despesa, a fim de garantir estabilidade no processo da contabilidade estadual. Esse novo empréstimo vai gerar dificuldades para o próximo governante, como o pagamento da dívida acrescida do projeto que estamos votando hoje. É preciso ficarmos atentos para os passos futuros que vão acontecer daqui pra frente, pois o governo tem obrigação redobrada de buscar alternativas e políticas de segurança eficientes que devolvam tranquilidade às pessoas”, disse.

Outros deputados também participaram do debate sobre a aplicação dos recursos, cobrando a utilização efetiva dos empréstimos na melhoria da qualidade de vida da população do Rio Grande do Norte.

Outros projetos

De iniciativa parlamentar, foram aprovados os projetos 148/2016, que determina a obrigatoriedade de divulgação dos gastos públicos em eventos culturais; projeto 21/17, denominando de “Rodovia Deputado Patrício Júnior” a RN 117, no trecho que liga o entroncamento da BR 226 ao município de Martins; o projeto 125/2016, que obriga os estabelecimentos hoteleiros a identificarem crianças e adolescentes hospedados e o 040/2017, que institui o Dia do Homem Cristão.

Correios entra para lista de privatizações de Temer


Resultado de imagem para CORREIOS


Os Correios entraram para a lista de estatais que o governo pretende privatizar, um caminho já anunciado para a Eletrobrás, a Casa da Moeda e a Infraero. A confirmação veio de Nova York. O ministro Moreira Franco, da Secretaria Geral da Presidência, declarou que a venda dos Correios está em estudo, mas que precisa ser feita “com muito cuidado”.

Wlademir Capistrano é nomeado juiz titular do TRE – RN


Resultado de imagem para Wlademir Capistrano, foi nomeado juiz titular do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte


O juiz substituto da corte eleitoral potiguar, na classe jurista, Wlademir Capistrano, foi nomeado juiz titular do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, pelo presidente da república em exercício Rodrigo Maia, para mandato de dois anos na corte.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União, de 20 de setembro de 2017. Wlademir Capistrano era o terceiro nome na lista tríplice e foi o advogado indicado pelo Tribunal de Justiça do estado.

 Wlademir irá ocupar a vaga aberta após o término do segundo mandato do juiz Verlano Medeiros.
A posse no TRE – RN será agendada em breve.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

PT quer Dilma disputando o Senado em Minas Gerais

Resultado de imagem para dilma candidata ao senado

A ex-presidente Dilma Rousseff pode ser candidata ao Senado por Minas Gerais. Nascida em Belo Horizonte, mas com atuação política em Porto Alegre (RS), Dilma já foi oficialmente procurada pela direção do PT mineiro para tratar do assunto. Dilma tem até o dia 2 de outubro, prazo exigido  de acordo com a justiça eleitoral para a mudança do domicílio eleitoral para quem pretende disputar as eleições em 2018 

Dilma X Aécio 2

Caso a ex-presidente aceite disputar o Senado por Minas Gerais em 2018, Dilma enfrentaria novamente seu adversário na disputa pela presidência da República em 2014, o senador Aécio Neves(PSDB) que apesar de cotado para disputar a Câmara dos Deputados, poderia disputar à reeleição. 

Em recente pesquisa realizada pelo instituto Quaest, com 2,2 mil eleitores em 189 municípios mineiros, apontou a ex-presidente Dilma Rousseff liderando as intenções de voto para o Senado em Minas Gerais, com 12% dos intenções de votos. O senador tucano Aécio Neves(PSDB) apareceu com 10%.


Câmara barra “distritão” e mantém sistema proporcional

Resultado de imagem para camara barra distritão

Com 205 votos a favor e 238 contra, com uma abstenção, deputados rejeitaram em plenário trecho da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/2003 referente ao sistema eleitoral chamado “distritão” – voto majoritário para deputados federais e estaduais (já a partir de 2018) e vereadores (2020 em diante), em modelo que elege quem recebe mais votos e, segundo seus críticos, favorece a reeleição e os candidatos mais conhecidos e impede a renovação. Para aprovar tal tipo de proposição, são necessários ao menos 308 votos, 103 a mais do que foi obtido no final da noite desta terça-feira (19). A frustração sobre o baixo número de apoio à PEC 77/2003 foi tal que o outro item nela reunido – fundo público de campanhas eleitorais – sequer foi levado a votação.

“205 é muito pouco, hein?”, disse um deputado em plenário, depois de anunciado o resultado da votação e confirmada a desidratação da reforma política na Câmara.

O texto rejeitado em plenário foi o substitutivo do relator Vicente Candido (PT-SP) para a PEC 77/2003, que também previa sistema distrital misto a partir das eleições de 2022. Por esse modelo, o eleitor vota duas vezes: a primeira, em candidatos em disputa em um dos distritos em que o estado foi dividido; a segunda, em uma lista de candidatos preordenada pelos partidos no pleito.

Já o “distritão” determina a eleição dos mais votados em cada estado, como nas votações majoritárias (presidente da República, governadores, senadores e prefeitos), reunidas as regiões eleitorais estaduais em único grande distrito, origem do apelido. Assim, põe-se fim ao modelo de redistribuição de votos em que candidatos campeões nas urnas elegem outros com poucos votos em uma coligação, como é feito no atual sistema proporcional (deputados e vereadores). Mas mesmo antes da votação, o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), já havia sinalizado a dificuldade de aprovação de um e outro modelo.

Com informações do Congresso em Foco

terça-feira, 19 de setembro de 2017

ANPT defende atuação de procuradora do Trabalho no caso do Grupo Guararapes


A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) divulgou nesta terça-feira, 19/09, nota de desagravo onde repudia a prática de ataques e ofensas pessoais aos membros do Ministério Público do Trabalho (MPT) no firme e regular cumprimento do seu mister constitucional de defesa da ordem jurídica trabalhista e dos direitos sociais, como o que foi direcionado pelos executivos do Grupo Guararapes à procuradora Regional do Trabalho Ileana Neiva Mousinho.

De acordo com a entidade, os ataques pessoais dirigidos à procuradora do MPT referem-se à alegação de uma “fictícia e absurda perseguição à empresa e à despropositada e imprudente afirmação de que a sua atuação teria gerado a perda de empregos no Rio Grande do Norte”.

No documento a ANPT reafirma , ainda, que o Ministério Público do Trabalho e seus membros não deixarão de atuar firmemente para combater quaisquer formas de ilegalidades, onde quer que elas se encontrem.


Confira AQUI a íntegra da nota.

Temer é aprovado por apenas 3,4%

Divulgada nesta terça-feira(19), a nova pesquisa CNT/MDA, promovida pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), trouxe uma queda brusca na defesa do presidente Michel Temer (PMDB). Temer, que era apoiado por 10,3% dos entrevistados em fevereiro, viu sua aprovação cair para apenas 3,4%, cerca de um terço, ante 75,6% de avaliação negativa alcançando os índices mais baixos nos históricos de pesquisas da associação. Outros 18% consideram o governo regular e 3% não souberam opinar.

O plano C



Além de Fernando Haddad, o petismo fala em outro plano B como alternativa à candidatura de Lula: Jaques Wagner.

Imóveis de Youssef apreendidos na Lava-Jato vão a leilão


Resultado de imagem para alberto youssef


O juiz Sérgio Moro autorizou o leilão de imóveis do ex-doleiro Alberto Youssef apreendidos na Operação Lava-Jato. O valor dos bens varia entre 83 600 e 120 000 reais. No pregão, apartamentos em hotéis no interior de São Paulo e Salvador. Ofertas podem ser feitas pelo Canal Judicial, por meio do leiloeiro Afonso Marangoni.

Alberto Youssef está cumprindo pena por corrupção passiva em liberdade por ter feito delação premiada.